Verbo de ligação


A mais elegante do Brasil
22/02/2017, 14:27
Filed under: Prosa | Tags: , ,

Aconteceu numa das poucas ruas planas de Ouro Preto: a São José. Certa tarde, saíamos de um café. Entre risos e conversas, algo bem próximo pinçou minha atenção.

Era uma moça. Que passou a um metro de mim. Cor de canela, de uns 20 anos. Simples. Andava acompanhada de uma ou duas pessoas. “Andava” é modo de falar. Fluía, distinta, sobre a calçada. Dançava o caminho com leveza. Suavemente ondulante e harmônica, sobressaía-se, soberana, como se apenas ela estivesse ali.

Trajava um vestido branco. Que parecia ter sido desenhado para ela, tão bem lhe caía. Levemente justo, sem explicitudes, de forma que lhe denunciava discretamente o corpo bem torneado, a cintura harmonizada com a proporção e a forma dos quadris, dos seios e dos ombros. Desde pouco acima do joelho viam-se as pernas, viçosas e femininas, a mover-se com graça.

Os cabelos pretos, um pouco ondulados, caíam-lhe sobre os ombros, em belo contraste com a alvura da roupa. Bonita sim, mas sem alarde. E o olhar, ah, o olhar era a própria mansidão.

Tive cuidado de dissimular a curiosidade para não constrangê-la, mas a imagem me paralisara internamente, ao exalar tanta altivez e encanto. Minha respiração ficou suspensa por alguns instantes e eu tinha a sensação de estar apreciando um quadro vivo, de ter sido tocada por uma visão sublime.

A cena me acordou por dentro. Aquele sonho de mulher, hoje arquetípica em meu cabedal, lembrava-me de algo que eu já soubera e havia preterido, em algum recinto de mim.

Não, não eram roupas, ou poder aquisitivo, ou pose, ou mesmo verniz cultural que faziam de alguém uma pessoa realmente elegante. Mas o equilíbrio interior, a aceitação de si, a serenidade no modo de ser e um quê de confiança na vida.

Porque tudo isso se reflete no corpo, na feição, nos gestos, no comportamento e, por último, na indumentária, gerando uma presença verdadeira, bela e aprazível.

Onides Bonaccorsi Queiroz

rua-sao-jose-em-ouro-preto-2

Rua São José, em Ouro Preto-MG (Foto: Eduardo Tropia)

Anúncios

2 Comentários so far
Deixe um comentário

Maravilhoso trabalho,nos transporta para o mais surreal dos sentimentos.Parabéns.

Comentário por Rosana Rolim de Moura

Seja bem-vinda, Rosana! Beijo.

Comentário por onidesqueiroz




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: