Verbo de ligação


Pequena história sobre a vaidade
01/06/2016, 19:27
Filed under: Prosa | Tags:

Era uma vez uma pessoa que cometeu uma falha comum. E se constrangeu. O que revelou presunção, ao não aceitar seu erro com naturalidade.

E houve outra pessoa que reparou na falta. A quem não ocorreu a gentileza de auxiliar a primeira ou de se manter discreta, evitando embaraçá-la ainda mais.

Antes exibiu um sorriso, deixando claro que havia identificado o lapso. E denunciando a satisfação que o fato lhe causara, por lhe abrandar o íntimo sentimento de inferioridade.

E eis que havia uma terceira pessoa, que instantaneamente observara o desacerto da primeira e calara. Logo também o da segunda e calara. No que procedera de maneira pacífica e se presumia neutra.

Mas, quando cuidava que não, a vaidade se escondia atrás dela, apreciando, ardilosa, toda a cena.

Onides Bonaccorsi Queiroz

300px-Narcissus-Caravaggio_1594-96

“Narciso” (1599), de Caravaggio

 

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: