Verbo de ligação


Ariano Suassuna contou
05/10/2015, 19:37
Filed under: Prosa | Tags: ,

Ariano Suassuna contou que sua mãe, viúva, era bastante zelosa com a educação dele e dos irmãos, e que, ponderada, não gostava de dar broncas, “para não correr o risco de se perder com as palavras”.

Por isso, criou um método pedagógico próprio: chamava a atenção dos rebentos por meio de cartas.

Ariano, adulto e já pai, certa vez foi o destinatário de uma delas, em que a senhora lhe “passava um carão”, por estar sendo excessivamente severo com os filhos.  A missiva foi entregue pelo homem que veio lhe trazer uma encomenda de abacates.

No dia seguinte, foi à casa da mãe e pediu-lhe a bênção. Ela o recebeu alegremente e lhe perguntou se estava bem. Ariano respondeu:

– Sim, a única coisa que não está bem é que ontem me apareceu um vendedor de abacates que me cobrou, pelas frutas, um preço muito caro.

A mãe entendeu logo a mensagem cifrada, prevenindo-o:

– E não pense que os abacates eram para você não, eram para a sua mulher, que merece. Pra você era só a carta.

Onides Bonaccorsi Queiroz

(Foto: autor desconhecido)

Ariano Suassuna (1927-2014), escritor paraibano – Foto: autoria desconhecida

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: