Verbo de ligação


a pessoa da minha vida
24/08/2015, 14:26
Filed under: Fotografia, Poesia | Tags: , ,

Bendito seja o dia da minha maior perda amorosa, pois desse golpe tive que me erguer outra.

Benditas sejam as lágrimas quentes que derramei, porque me transportaram ao cerne da dor primeira, bem mais antiga.

Bendito seja o ardor profundo dessa ferida, pois me ajudou a encontrar a medicina adequada e definitiva.

Bendito seja o luto que me envolveu, pois me provou que, além do amor, nada é para sempre.

Bendita seja a tristeza que se apresentou, porque me impeliu a ser responsável pela minha alegria.

Bendita seja a minha desilusão, pois, em mim, deu luz ao discernimento.

Benditas sejam as longas horas de recuperação, tempo que me ensinou a escolher só o que vale a pena.

Bendita seja a raiva que senti: ao me descobrir dona de nada, aprendi a ser mais humilde e amiga.

Bendita seja a ausência latejante, porque me apresentou à gratidão pela presença.

Bendito seja o fim do romance ideal, que me projetou para o romance possível.

Bendito seja o adeus ao desejável amor do outro, pois consolidou o espaço do indispensável amor-próprio.

Bendito seja aquele que me rejeitou, porque, ao se negar, proporcionou-me o encontro com a pessoa da minha vida: eu mesma.

Onides Bonaccorsi Queiroz

(Foto: Arison Jardim)

(Foto: Arison Jardim)

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: