Verbo de ligação


um homem
11/08/2015, 23:31
Filed under: Foto Onides, Prosa | Tags: ,

Vinham como dois meninos brincalhões, Marco e Ciro, percorrendo a estrada que conduzia à casa: riam, gesticulavam, matraqueavam. Falavam de algo inquietante, envolvente. Da janela, eu acompanhava a cena. Logo entrariam e me contariam o que sucedera há pouco, excitados como crianças que narram para a mãe as aventuras vividas durante o dia.

Havíamos encomendado lenha e eles foram receber o caminhão, na entrada do sítio. O motorista do veículo era o chefe da equipe. E, logo descobririam, também o mais forte dos três. Na descarga levava, sem grande esforço, quase o dobro de peso que os colegas. Apesar de corpulento, longe de assumir a atitude vaidosa que muitos grandalhões ostentam, tinha um trato simples – até simplório – e gentil.

E eis que, no vaivém da operação, surge o inesperado: uma cascavel entre os tocos. Volumosa, de bitola sinistra.

A proximidade da serpente causou alvoroço, um tal de “mata!”, “mata!” instantâneo. Os homens todos exaltados, menos o tal moço, que permaneceu sereno.

– Calma, gente! – pediu, cordial – Pra trás.

Foi até a cabine do caminhão, pegou uma caixa e abriu. Então, tranquilamente se aproximou da víbora e, sem que ela oferecesse qualquer resistência, pegou-a pelo pescoço. O que já seria um ato de bravura indiscutível. Mas não foi tudo. Porque, enquanto os outros se afligiam, receosos, ele ainda justificou:

– Eu não mato porque do veneno desta bichinha aqui se faz um soro que salva muitas vidas. Vou mandar pro Instituto Butantan, em São Paulo – e fechou-a na caixa.

Finalizaram o serviço, receberam e foram embora, deixando Marco e Ciro desconcertados. Restou-lhes o testemunho do episódio memorável.

Mas, para mim, que apenas ouvi o relato disso tudo, o mais engraçado foi assistir a eles, divertidos, introduzindo-me ao assunto:

– Hoje nós vimos um homem.

Onides Bonaccorsi Queiroz

Sítio Estrela D'Água, Sorocaba, SP (Foto: Onides Queiroz)

Sítio Estrela D’Água, Sorocaba, SP (Foto: Onides Queiroz)

Anúncios

6 Comentários so far
Deixe um comentário

Meu Deus!!!!quem é essa deusa!!!!Que coisas lindas e simples nos conta e encanta!!!Será uma druidesa???Será a Morgana das fadas das Brumas de Avalon???

Comentário por Gilson Brandao

Olá, Gilson! Seja bem-vindo. Acabei de rir aqui, com o seu comentário bem-humorado e honroso. Grata. Sou uma contadora de histórias e, se consigo oferecer algo de bom aos meus semelhantes, isso muito me alegra. Abraço!

Comentário por Onides Bonaccorsi Queiroz

Um dos meus melhores momentos é quando conto histórias para crianças, primeiro foram as minhas três filhas que se agachavam nas minhas pernas para ouvi-las, depois foram as crianças dos sem-tetos e outras que adoravam minhas invenções…Bom ouvir e ler Onides…

Comentário por Paulo Roberto

Muito grata, Paulo Roberto! E concordo contigo. Contei histórias muitos anos, toda semana, em escolas, e a impressão que eu tinha quando saía é que estava flutuando de felicidade. De fato é algo muito gratificante. Abraço.

Comentário por Onides Bonaccorsi Queiroz

reve-la é um prazer imenso da a sempre amiga flor

Comentário por floipes gomes cardozo curto-

Tão querida, perfumada e bela flor, grande abraço!

Comentário por Onides Bonaccorsi Queiroz




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: