Verbo de ligação


A claridade que atravessava a veneziana naquela manhã
07/08/2015, 22:17
Filed under: Fotos Onides, Prosa | Tags: ,

Ainda estou digerindo tua partida. Prematura, surpreendente. Áspera. Que a tua passagem pela minha história encerrou muitas doçuras e sonhos.

Das lembranças da infância, guardo uma em especial: aquela manhã de sábado, quando, aproveitando a ausência da mamãe, que preparava o nosso café, me deitei na cama, ao teu lado. Tua presença era chão para mim e teu cheiro a minha pátria. Então me recebeste com um beijo e disseste: “Bom dia, filhota!”.

Eu me senti tão bem-vinda! Ao meu modo de criança, eu percebi o teu amor me abraçar. Era um momento de luz, frescor e paz, uma sensação de que tudo estava perfeitamente em seu lugar. Ah, meu pai, a suave claridade que atravessava a veneziana naquela manhã nunca me saiu da memória.

Onides Bonaccorsi Queiroz

20150426_055124

“Amanhecer” (Foto: Onides Queiroz)

Anúncios

4 Comentários so far
Deixe um comentário

Que lindo!!!!Que jeito delicioso,singelo de falar de coisas grandes e maravilhosas que só almas elevadas possuem!!!

Obrigado,por falar na minha alma.

Comentário por Gilson Brandao

😉

Comentário por Onides

Bela homenagem Onides!!!!

Comentário por Eronildes Castelo

Grata, amiga.

Comentário por Onides Bonaccorsi Queiroz




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: