Verbo de ligação


ascensão e queda do picareta
22/10/2014, 18:38
Filed under: Prosa | Tags: ,

Era então superintendente regional de um grande banco brasileiro. Tinha cerca de três décadas dentro da instituição, onde atuou como gerente de agência por muitos anos, em diversos estados.

Ao longo da carreira, pôde observar de perto o comportamento do ser humano em uma instância muito particular e emblemática: na relação que ele guarda com o dinheiro. E colecionou histórias.

Um dia, do alto de sua vasta experiência, contou-me um fato de que eu desconfiava e do qual me aprouve ouvir a confirmação. Disse:

– Há muita gente correta, mais do que se pensa. São pessoas que constroem seu patrimônio com esforço e trabalho, vão fazendo conquistas gradativamente. É obvio que também sempre há os espertalhões. Aqueles que vão ficando ricos da noite para o dia. Ou que ganham bastante dinheiro não se sabe bem como. A gente fica de olho e já imagina que há uma prática desonesta ali. Às vezes aparece logo. Outras  pode demorar. Entretanto uma coisa é certa, nunca vi acontecer diferente: o picareta nunca se mantém no alto. Pode levar anos, mas sempre cai.

Onides Bonaccorsi Queiroz

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: