Verbo de ligação


há uma palavra que anda esquecida
21/05/2014, 13:51
Filed under: Prosa | Tags:

Há uma palavra que anda esquecida. Sua substância caiu em desuso.

É que parte da humanidade se presume tão poderosa que a despreza. E outra parte se enfraqueceu tanto que não consegue pronunciá-la.

Pode parecer fácil viver como se esse recurso, em verdade uma virtude, não fosse real. Apenas porque é tão sutil que escapa a mensurações.

Não se impõe nem oferece suas vantagens. Mas presta grande ajuda a quem lhe dá crédito. Então alenta e transforma.

Não por acaso está fora de moda. Se propõe precisamente a entrega quando o mundo egocêntrico proclama o controle.  E por isso soa ridícula entre tantos.

Pode ser resgatada na música, na literatura e em todas as artes. Mas também no silêncio. Reside na amizade, no afeto e no contato com a natureza. Palpita discretamente no inverno, celebra no verão. Está também na mente e no coração e sobretudo na consciência.

Quem a conhece lhe tem gratidão profunda. Pois quando tudo parece triste e perdido, a simples evocação do seu nome faz pulsar sua existência, amável e generosa. E, como um sorriso que emerge na alma, lá vem ela de novo soprar mais vida. Bem-vinda seja a esperança.

Onides Bonaccorsi Queiroz

Mandala de Kathy Klein

Mandala de Kathy Klein

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: