Verbo de ligação


fios de prata
24/04/2014, 17:01
Filed under: Imagem, Prosa | Tags:

Há os que me perguntam, ou sugerem: por que você não pinta seus cabelos grisalhos?

É bem singela a resposta: porque não tenho motivos para fazê-lo. Não tinjo porque é verdade que tenho cabelos brancos.

Cuido bem da minha saúde, faço exercícios, busco uma alimentação equilibrada, me enfeito, gosto de roupa bonita e evito o estresse tanto quanto possível. Mas não tenho obsessão em parecer jovem. Deixo que o ciclo da natureza siga seu curso e procuro me adaptar a essa realidade.

De modo que já tenho mais de 40 e não quero ter 20. Não sou gatinha, sou mulher. E valorizo as minhas realizações, pois sei o quanto me custaram. Rio com mais facilidade, choro quando quero, sei sentir raivas circunstanciais sem alimentar ódios mortais, amo com mais liberdade, perdoo mais, dou a volta por cima mais rápido, mantenho mais a calma em momentos de tensão.

Graças a tudo o que vivi exatamente a bordo do tempo, compreendo mais meu mundo de dentro e o de fora, o que me dá certa segurança. Também tenho claro que não é a opinião de alguém ou mesmo o senso comum que calça meus passos, mas a legitimidade interior. Esse é o meu maior patrimônio.

Então não vejo sentido no esforço de disfarçar a velhice biológica, como se o passar dos anos fosse um inimigo. Porque aí certamente se perde a formidável oportunidade de aprender a abrir o coração para a existência. Semeio confiança, colho gratidão e encantamento. O tempo é aliado para quem está atento.

Para isso é preciso ver com novos olhos. Identificar uma beleza além da estética. Muito mais sofisticada. A beleza da dignidade daquele que aprendeu a se aceitar tal como é. A beleza da brandura diante das fases da vida. A beleza de caminhar silenciosa e muitas vezes solitariamente. A beleza de poder admitir que logo mais estará partindo deste mundo. E a beleza suprema de se libertar do medo.

Quero viver da melhor maneira que entendo: simples, profunda e alegremente. E me entregar às aventuras existenciais que a minha própria alma escolher. Às conquistas que tiverem significado para mim. Eis o poder que me cabe.

Assim renovada, todas as manhãs desperto meu rosto com água fria e penteio meus lindos cabelos prateados.

Olho-me ao espelho e sei que não sou a imagem. Eu sou aquela que olha.

Onides Bonaccorsi Queiroz

150A7343

(Foto: Sergio Vale)

 

 

Anúncios

57 Comentários so far
Deixe um comentário

A lealdade com os reais valores da vida, é o testemunho, a beleza e leveza na celebração do viver.
Lindo, muito lindo!

Comentário por ronaldo amarall

Minha prima Onides estou com 56 anos e não consigo aceitar meus cabelos brancos pinto toda semana porque cresce muito, não quero aceitar todos envelhecemos,estou ficando muito preocupada querendo fazer tudo pra rejuvenescer, as pessoas cobra muito da gente….eu acho muito bonito cabelos grisalhos nas pessoas mas em mim , não . Bjos marjacy

Comentário por Marjacy oliveira

As pessoas cobram…mas você não precisa pagar. Tranque sua porta, não deixa que te invadam!

Comentário por Ionara

Boa!

Comentário por Onides Bonaccorsi Queiroz

puxa… me traduziu. obrigada pelas belas palavras e conceitos.

Comentário por maria emilia

😉

Comentário por Onides Bonaccorsi Queiroz

Bem-vinda, Maria Emilia!

Comentário por Onides Bonaccorsi Queiroz

Minha resposta para essa pergunta é outra:
“Não pinto porque estou curtindo minha DESadolescência, esta fase de mudanças no corpo provocada por alterações hormonais, desprendimento da familia e decorrentes mudanças de comportamento, mudança de paradigmas, vestuário… e me preparando para minha ÚLTIMA INFÂNCIA, onde voltarei a depender da ajuda de outros para atender necessidades básicas do meu corpo e para tomar decisões por mim, que sejam melhores do que as minhas… E depois… DESnascer!”

Comentário por editoraeletronica

Amei a forma serena como você coloca a mais pura e simples verdade: Ninguém pode, nem deve querer , estancar a correnteza do tempo.
Aceitar as mudanças que a nossa vida nos trouxe é um grande ato de libertação , mas requer humildade e preparo emocional.

Comentário por Ionara

Exato, Ionara! Beijo.

Comentário por Onides Bonaccorsi Queiroz

Muito bom! Também assumi os meus, é libertador!

Comentário por Érima de Andrade

Abraço, Érima!

Comentário por Onides Bonaccorsi Queiroz

Olá! Na minha opinião é esteticamente bonito cabelos prateados… Dão um aspecto de aura clara…

Comentário por Ana

Concordo, Ana! Abraço.

Comentário por Onides Bonaccorsi Queiroz

a cada dia olho meus cabelos e cada dia gosto mais deles. E de mim, aos 65 anos. Sabe que já me pararam na rua para saber o que eu fazia para eles serem dessa cor de prata? apenas respondi: – envelheça….

Comentário por Ana Lagoa

Também me perguntam, na rua, o que eu faço, que tinta eu uso, a marca do meu xampu, rsrs… Ah, Ana, que grande tesouro é esse: aprender a gostar da gente mesma, do jeitinho que a gente é… Parabéns pela conquista! Abraço.

Comentário por Onides

Belo texto! No entanto , com os meus 62 a -em Agosto 63- coloco alguns pontos de reflexão: a minha saudosa mãe tinha o sonho de ter os cabelos todos branquinhos , à semelhança de uma tia , e falava muito nisso. Pinto os brancos da cor que sempre tive, e porquê? Porque tem a ver com a minha auto estima – com o EU gostar de ver no espelho uma figura bonita , cuidada . Tal como passo creme nos calcanhares , cotovelos e mãos , para não estarem ásperas e desagradáveis ao contacto ; tal como os dentes ,que se extraem, e são colocados conforme a capacidade económica de cada pessoa ; tal como o fazer de cada dia um novo projecto . A Planta necessita que se vá tirando as folhas amarelas , de fertilizantes, de Adubos para florir linda. Uma casa necessita que se vá pintando as paredes , para não ficarem amareladas, escuras, de humidades.Nós MULHERES,temos de estar bem connosco próprias, e para isso a imagem importa ; Importa para o reflexo interior positivo ,sair para o exterior em Brilho de Luz.
Bem Hajam. Sejam felizes.

Comentário por Nubélia

Compreendo, Nubélia. Você se sente bem pintando seus cabelos. Tem a ver com o seu entendimento de beleza e autoestima.
E eu me sinto bem deixando os meus grisalharem. Tem a ver com o meu entendimento de beleza e autoestima.
Nossas percepções diferentes representam a diversidade, tão subjetiva, na compreensão do mundo. E tudo é legítimo. Porque bom mesmo é a gente ter liberdade para refletir e fazer o que corresponde aos nossos anseios. Um abraço.

Comentário por Onides

Penso como você, Nubélia! Meus cabelos branquearam precocemente, aos 33 anos minha cabeça estava branquinha e até hoje, quando acabei de completar 52 eu os pinto da cor que sempre foram, ou seja, nada artificial. Acho que faz parte da autoestima sim! Por mais assumida que seja a idade, e sempre assumi a minha, cabelos brancos envelhecem muito mais. Para quem tem olhos claros ainda fica mais suave, mas no meu caso, com olhos castanhos, acho que pesa muito, mesmo sem ter nenhuma ruga no rosto.

Comentário por adriana

A nossa imagem super importa pra nós. Veja a imagem da Onides… Cuidadíssima. Minha auto estima melhora cada vez que me olho no espelho, e tem uns 8 anos que não pinto mais meus cabelos. Cremes e hidratantes sim, claro! Loreal para os cabelos, mas tintura… Nunca mais! Abraço.

Comentário por E-DITORA ELETRÔNICA

Uma beleza esta visão da vida e das coisas belas! A simplicidade, a beleza e a aceitação natural do tempo que passa por nós, trazem tranquilidade e paz para aceitar cada dia que acontece!!!

Comentário por Maria Lordes Alcobia

Grata pelo retorno, Maria Lordes. Seja bem-vinda!

Comentário por Onides

Eu tenho muitos fios de prata, aos meus 53 anos e com muito orgulho! Eles simbolizam o que vivi, o que amei, o que sofri e o que sorri. São sinais do passar do tempo com todas as vitórias e os reveses da vida!
Filomena

Comentário por Filomena Meleiro

Parabéns, Filomena! Um abraço.

Comentário por Onides

Obrigada por me descrever

Comentário por Marina

🙂

Comentário por Marina Pascon

Alegrias, Marina! Abraço.

Comentário por Onides

Orgulho em sermos platinadas!
Onde mais nos podemos nos encontrar, as platinadas, tens indicação?

Comentário por Marina Pascon

Marina, há várias páginas no Facebook sobre o assunto. Faz uma busca no Google que encontrará com facilidade. Abraço!

Comentário por Onides

maravilhoso

Comentário por Angela

Grata, Angela. Muito contente por compartilhar essa percepção com outras mulheres! Abraço.

Comentário por Onides

Obrigada por compartilhar esta linda mensagem, me identifiquei muito com o texto objetivo e encantador, uma forma linda de expressar o fluxo da vida (fios de prata), deixá-los surgir é para mim seguir a correnteza do rio da nossa vida…Deixa a energia fluir e saber aproveitá-la para uma vida mais feliz…

Comentário por Valcilene da Franca Cardoso

Seja bem-vinda, Valcilene! Alegrias pra todas nós!

Comentário por Onides

Começando meus fios de prata. Adoro e quero viver intensamente cada etapa de minha vida!

Comentário por Marisa

Felizes fios de prata, Marisa!

Comentário por Onides

Gostei do texto! Muito inspirador!

Comentário por Marco Aurélio Soares

Seja sempre bem-vindo, Marco Aurélio!

Comentário por Onides

Onides, inspiração ao ler tua vivencia… li os comentários, e me falta palavras, tamanha grandeza.

Me faltava coragem… tudo que quero são meus fios de prata…

Ah, os reais valores da vida!

Gratidão querida!

Um abraço.

Comentário por ROSANGELA BRANDINO DE SOUZA

Ah, que linda! Tremo de alegria ao ver gente com tanta vontade de viver! Gratidão a ti também, Rosangela. Beijo.

Comentário por Onides

Assumir meus fios prateados,há mais de cinco(5)anos.
Tenho 56 anos!!

Comentário por Isabel Paz

… E gerou mais paz na vida de Isabel, rsrs… Abraço!

Comentário por Onides

muito bom! tbm uso cabelos prateados e sou feilz assim!!!

Comentário por MÔnica Turolla

Sim, Mônica! Uma felicidade muito especial…

Comentário por Onides

beleza de texto, parabéns. Há mais de 13 anos deixei os meus ficarem brancos também e acho-os maravilhosos. abraços. Cristina

Comentário por cristina

Esse é que é a grande conquista, né, Cristina? A gente se entender com a própria imagem. Abraço.

Comentário por Onides

Paz e luz a todos…Pintar os cabelos com frequência trás males a saúde (toxidade dos produtos químicos) a natureza é muito sabia,apenas quem se conecta no sentindo mais profundos dos aspectos da vida (espiritualmente) entende bem os processos e mudanças no qual todos nós devemos e vamos passar, esses aspectos significam um processo de transmutação não apenas fisiologicamente falando mas em aspectos mais sutis. A vida é de ciclos assim como os ciclos das estações do ano….Viver é interagir com estes ciclos e saber viver é perceber a beleza de cada um. O aparecimento dos cabelos brancos significam um amadurecimento e sugere sabedoria aprendida,pessoas que começam a ter cabelos brancos ainda jovem revela grande sabedoria em outras vidas. Parabéns pelo blog… meu face Anna Ponce (Terapia do Estilo de Vida). amizades são bem vindas.

Comentário por Anna Ponce

Grata, Anna, por essas observações. Penso por aí também. Vou conferir sua página! Abraço.

Comentário por Onides

Os meus fios brancos surgiram aos 13 anos e passei 26 anos da vida tentando esconde-los neuroticamente. Há alguns anos pensava em me libertar dessa neura e há um ano raspei a cabeça e deixei crescer. Realmente é libertador. Tenho 40 anos, me sinto linda e jovem. Me sinto como uma mulher de 40 anos.

Comentário por Jan Tineui

Uau, 13 anos, Jan! Você é recordista! E eu que me achava muito nova com o primeiro fio branco aos 17, rsrs… Beijo!

Comentário por Onides

Amei, um dia fui Sol e agora sou Lua e isso não tem preço, mais sim e o valor da Vida 56 bem vividos

Comentário por maria terezinha balsanelli

Yes!

Comentário por Onides

Linda e profunda reflexão.
Ainda não estou pronta.
Os anos passaram mais rápido para meu corpo do que para a minha mente. Não me reconheço nos cabelos brancos.
Mas a cada semana um pedacinho deles se mostra para me lembar de que eles estão lá, querendo me ensinar algo que ainda não estou madura o suficiente para apender.
E assim a natureza vai nos lapidando, na força da constância e da repetição, tal como a água e o vento fazem com as pedras.

Comentário por Francyla Bousquet

Francyla, que bom você poder admitir esse sentimento de não se perceber pronta. Eu te entendo perfeitamente, porque também atravessei um momento semelhante, antes de me decidir. Sugiro que acolha as emoções que surgem, os pensamentos, a insegurança, a sensação de estar ameaçada por algo, pois tudo isso pode ser uma oportunidade muito rica de reflexão e aprendizado. “Do que tenho medo se eu deixar que isso aconteça?” é uma boa questão para se pensar. Isso te levará a uma forma mais profunda e gratificante de viver. Beijos, querida! Boas maturações!

Comentário por Onides

maravilhosa reflexão, faço suas minhas palavras também

Comentário por Luciana

… Como uma onda de consciência, não é, Luciana? Abraço.

Comentário por Onides

Sensacional! Viva a lapidação da natureza e a nossa aceitação da mesma!!!

Comentário por Nirce Meurer

Viva!

Comentário por Onides




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: