Verbo de ligação


um amor de madrinha
14/04/2014, 22:53
Filed under: Prosa

Ainda me lembro do bule cor-de-rosa. Envolto em manta de encantamento, está guardado em minha memória.

Foi minha madrinha que me deu e tenho uma vaga impressão de que o acompanhavam xicrinhas e pires. Teve também a bolsinha branca, linda, cheia de franjas. O biquíni colorido, com elos dourados. A saia “longuete”, “it” nos meados dos anos 70. E muitos outros.

Em cada um dos regalos bonitos, criativos e charmosos que escolhia para mim, a Madrinha Gessi transmitia uma mensagem que toda criança precisa receber: “Você merece se alegrar e se sentir bonita. Você pode brincar e ser feliz.”

Ir à sua casa era viver um festival de possibilidades: os “sins” pronunciados naquela família eram bem mais numerosos que na minha. Ela e meu padrinho, que também era um sujeito ótimo, tinham cinco filhas. Embora não fôssemos parentes, sentíamo-nos primas. E, entre muitos outros detalhes, para arrematar a aura de acolhimento que emanava, minha dinda sempre repetia aquela frase mágica que eu não me cansava de ouvir:

– Eu adoro criança!

Quem duvidaria? O casal ainda adotou, mais tarde, dois meninos e uma menina.

Então, depois de mais de 20 anos sem vê-la, outro dia estive em Curitiba e resolvi visitá-la. Na cozinha grande como seu coração – até sofá cabe! –, passei uma tarde deliciosa com a família. E me certifiquei: que capacidade eles têm de se multiplicar!

Mas antes disso houve um momento. Foi quando cheguei. Em frente à mesma casa rosa de antigamente, o passado emergiu. Lembrei-me da infância, dos dias de festa, da risada dos que já se foram…

Ela veio abrir o portão e nós nos abraçamos. Abraçamos todo o nosso bem-querer e os momentos que vivemos juntas. Os sonhos que realizamos e os que esquecemos. Deixamos a emoção vir e choramos juntas, aos soluços. Sem a menor vergonha de amar e de sentir saudade.

E eu vi que ela ainda era ela. E ela viu que eu ainda era eu.

Onides Bonaccorsi Queiroz

DSC07852

Eu e a minha dinda Gessi (Foto: Pierina Casilli)

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: