Verbo de ligação


mar de amor
17/06/2011, 21:12
Filed under: Prosa

Pensei naquela criança. Em seus grandes olhos curiosos, sua
beleza tanta que me assusta. Uma maré de afeto sem precedentes emergiu.

Transbordou. Quando vi, estava sem dentro e fora. Assustei-me. Temi
me afogar. Desconcertada, já transbordava em lágrimas.

Restou-me entregar meu despreparo para o amor:

— O que eu faço com isto?

Onides Bonaccorsi Queiroz

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: