Verbo de ligação


noite
30/04/2011, 15:39
Filed under: Poesia

A estrada é escura,

tudo o que percebo

é o chão sob meus pés.

O temor me envolve

e sopra canções assombrosas

em meus ouvidos.

Horas, anos,

quanto dura a noite da alma? 

 O desespero me dobra,

meus joelhos tocam o chão.

Olho para o céu,

embora sequer o enxergue.

Assim conheço meu tamanho:

sou pequena.

Mas aprendo a me erguer:

eu posso continuar.

Faço questão da aurora.

Onides Bonaccorsi Queiroz

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

Lindo demais… maninha ! que bem me fez agora! um xero.

Comentário por silvana




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: